Saiba a diferença entre alinhamento pelo núcleo e alinhamento pela cas – D-NET

Inscreva-se em nosso newsletter

Fique por dentro das novidades
X

Saiba a diferença entre alinhamento pelo núcleo e alinhamento pela casca

Quando falamos sobre tecnologias PON, qualidade e velocidade na transmissão de luz e avanço na fabricação das fibras ópticas, por mais garantidas que sejam as opções do mercado, existem sempre algumas questões importantes a serem pensadas para assegurar o melhor funcionamento dos equipamentos e, consequentemente, uma prestação de serviços mais assertiva e eficiente. É necessário entender todos os procedimentos que podem causar qualquer interferência na dinâmica de trabalho e da empresa.

Ao utilizar a fibra óptica, por exemplo, toda vez que se faz necessário uma emenda, o ar nessa abertura causa reflexão de Fresnel, que resulta em uma pequena perda no desempenho. Mas o que isso quer dizer em termos de qualidade de serviço? Com essa perda de luz, também se perde a velocidade de transmissão, que pode acarretar problemas diversos, principalmente quando o produto oferecido pela empresa tem ligação direta com conexões de rede. E para diminuir esse prejuízo, quanto mais preciso for o alinhamento, menor é a perda.

Para fazer o alinhamento, é necessário utilizar uma máquina de fusão. Existem dois tipos de alinhamento de fibra: pelo núcleo e pela casca. A peça responsável unir a fibra nas máquinas com alinhamento pela casca é chamada de V-Groove. O sistema de alinhamento pela casca funciona a base de apenas dois motores, fazendo o V-Groove se movimentar para frente e para trás, aproximando as duas fibras. Por isso, geralmente, esse equipamento é mais barata e pode ser eficiente para fibras mais novas.

Já o alinhamento pelo núcleo conta com seis motores: dois que movimentam a fibra de trás para frente, dois de cima para baixo e dois no sentido do comprimento da fibra. Até cerca dos anos 2000, a centralização do núcleo não era muita exata, pois não havia um diâmetro padrão de casca e núcleo. Atualmente, esse procedimento garante um alinhamento perfeito da fusão. É um produto com um valor superior de investimento, porém muito mais versátil, já que é capaz de trabalhar tanto com fibras novas e antigas, com diferentes padrões de fabricação, até para os casos em que é necessário fazer a junção de cabos principais.

A DN-CORE-90BT da D-NET é uma máquina de emenda com alinhamento pelo núcleo que possui uma performance estável mesmo em ambientes hostis. Além disso, ela oferece uma interface gráfica configurada via bluetooth, que pode ser controlada pelo smartphone, desde calibração e tempo de aquecimento, até tipo de fibra e trocas de eletrodos. É robusta e resistente, à prova de poeira e de choque, possui tela LCD de alta resolução de 5″ e é, atualmente, uma das mais rápidas máquinas de emenda no mercado, realizando emendas em 6 segundos.